O Retorno do Senhor Jesus Cristo no Último Dia

Passará a Igreja pela Grande Tribulação? Estudo Bíblico - Parte 2
Veja aqui a Parte 1

Quando retornará o Senhor Jesus? Virá ele antes da profetizada Angústia de Jacó, a Grande Tribulação? Ou somente retornará após a referida Tribulação? De onde surgiram as doutrinas e os conceitos pré e pós milenistas? Sempre houve na Igreja de Cristo tais conceitos pré e pós Tribulação ou são acontecimentos de nossos dias? Afinal, o que diz a Bíblia?

Ano de 1933. As Coisas Pioram
 

  1933 foi o ano em que o austríaco Adolf Hitler se tornou Chanceler da Alemanha. Há historiadores que afirmam que Hitler tomou emprestado conceitos bíblicos para sua paranóica visão do Terceiro Reich, o qual afirmava duraria mil anos. Outro pararelo com o Apocalipse é a perseguição dos judeus, na qual Hitler se empenhou de modo assombroso.

Em 1939-1945 eclode a Segunda Guerra Mundial, o evento mais destruidor que o mundo jamais havia visto. Em 1945 tem início a Era Atômica com as bombas lançadas sobre as cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki. Agora o cumprimento da profecia da Segunda Epístola de Pedro parecia já bem próximo. "Virá, entretanto, como ladrão, o Dia do Senhor, no qual os céus passarão com estrepitoso estrondo, e os elementos se desfarão abrasados; também a terra e as obras que nela existem serão atingidas." 2 Pedro 3:10.

O fato do homem agora possuir armamentos capazes de dizimar a humanidade acende em todo o mundo uma grande preocupação com o futuro da humanidade. Entre crentes e entre não crentes. A atenção sobre o retorno de Cristo foi reacesa de modo espetacular.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

1948 Israel volta a ser uma nação após cerca de 2000 anos de exílio. As atenções se voltam para o espetacular cumprimento da profecia bíblica de Ezequiel 36:24 "Tomar-vos-ei de entre as nações, e vos congregarei de todos os países, e vos trarei para a vossa terra."

De fato, o cumprimento desta profecia é um sinal inegável da proximidade do fim e faz estremecer a muitos cristãos pelo mundo afora.
 

----------------------------------------------------------------------------------------------------------
Em 1967 Israel toma o controle de Jerusalém na Guerra dos Seis Dias e os cristãos em todo o mundo entendem que este é um sinal da proximidade do fim. O que foi visto até agora mostra que a sequência histórica dos acontecimentos encontra no século XX um período sem precedentes em toda a história da Igreja, pois o grande número de profecias bíblicas cumpridas e, em especial, a de Ezequiel 36:24 nos leva inevitavelmente às profecia de Daniel e do Senhor Jesus sobre o período da iminência de seu retorno: "Quando, pois, virdes o abominável da desolação de que falou o profeta Daniel, no lugar santo (quem lê entenda), então, os que estiverem na Judéia fujam para os montes;" Mateus 24:15-16 .

"Dele sairão forças que profanarão o santuário, a fortaleza nossa, e tirarão o sacrifício diário, estabelecendo a abominação desoladora." Daniel 11:31
----------------------------------------------------------------------------------------------------------
Em 1978 o suicídio em massa de mais de 900 pessoas em Jonestown na Guiana choca o mundo e as atenções se voltam para Jim Jones, o que os cristãos consideram como cumprimento de uma das profecias de Cristo sobre a iminência do fim: "Levantar-se-ão muitos falsos profetas e enganarão a muitos." Mateus 24:11.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------
Em 1980 com grande apoio dos Cristãos evangélicos, Ronald Reagan é eleito presidente dos EUA. Em meio ao período da Guerra Fria, e com o crescente desenvolvimento de arsenal militar nuclear, ocorre pelo mundo inteiro, uma onda de conversão ao Cristianismo sem precedentes, e o povo norte-americano, e também muitos brasileiros, passam a ler mais a Bíblia. É evidente que um Holocausto Nuclear parecia (e parece) completamente possível, o que nos leva às profecias sobre o fim e o retorno de Cristo. O Movimento Pentecostal cresce de modo impressionante em todo o mundo e surgem novos convertidos a Cristo como o pipocar dos grãos de milho. Uma pesquisa do Instituto Gallup nos Estados Unidos revela que 40% do povo norte-americano crê que a Bíblia é Palavra de Deus. Porém continuam a se difundir em seminários teológicos e em muitas Igrejas os comentários de Scofield sobre o arrebatamento da Igreja antes da Grande Tribulação e a doutrina de Russell sobre uma volta invisível e outra visível de Cristo, o que faz com que muitos Cristãos se sintam imunes aos futuros sofrimentos que sobrevirão ao mundo.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------
Em 1981, o Secretário do Interior do governo Reagan, James Watt, um proeminente cristão pentecostal, afirma publicamente que não devemos nos preocupar demasiadamente com a exploração dos recursos naturais da Terra porque "Eu não sei quantas futuras gerações poderemos contar até que o Senhor retorne".

No ano seguinte, o Secretário de Defesa Caspar Weinberger acrescenta: "Eu já li o Livro do Apocalipse e, sim, eu creio que o fim do mundo virá por um ato de Deus, e todos os dias eu penso que o tempo está se esgotando".

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

  19 de Abril, 1993. Em um acampamento no estado do Texas, um grupo de Adventistas do Sétimo Dia , ao todo 80 pessoas, liderados por David Koresh morre em um confronto com a polícia norte-americana. David Koresh pregava que "a hora havia chegado". Esse fato fez o mundo lembrar do suicídio em massa em Jonestown, na Guiana, e de Jim Jones e o seu Templo do Povo.

Março 1997 39 membros da seita Messiânica Heaven's Gate (Portal do Céu) do guru Marshall Applewhite cometem suicídio em grupo, novamente chamando a atenção para as profecias bíblicas sobre o surgimento de falsos profetas antes do retorno de Cristo.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

1999/2000. A virada do século e do milênio reacendeu de modo nunca antes visto a atenção sobre o fim do mundo e sobre o retorno de Cristo. Adeptos de diversas religiões manifestaram, pelo mundo afora, uma expectativa sobre o que viria a seguir à virada do milênio. Não apenas por se tratar de uma data muito interessante, cronológica e historicamente falando, mas também devido às enormes tensões que pairam sobre o mundo. A economia internacional dá claros sinais de um colapso iminente, conflitos estouram pelos quatro cantos da terra e o mundo se vê pasmo diante do crescimento da miséria, da violência e da AIDS. Além do que um suposto risco de interrupção das conexões da Internet e um crack no sistema bancário internacional, devido ao "Y2K", levou muitos a pensarem na possibilidade da chegada do fim. Porém, ainda não havia chegado a hora.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

  11 de Setembro de 2001. Após o alívio que muitos disseram experimentar após a virada do milênio, sem que o mundo tivesse contemplado a chegada de seu fim, um evento inusitado faz cair sobre o mundo inteiro um manto de terror e de medo. Os ataques terroristas às Torres Gêmeas do World Trade Center em Nova York e ao Pentágono fazem com que filmes catástrofe de Hollywood pareçam uma simples comédia. É como se a contagem de tempo estivesse equivocada e o fim que não viera na virada do milênio parecia agora estar chegando. Cerca de 3000 pessoas morrem quase que instantaneamente no maior ataque terrorista da História. É deflagrada a chamada Guerra ao Terrorismo, a qual parece agora longe de uma solução.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

20 de Março de 2003. "Sob minhas ordens as forças de coalizão começaram a atacar alvos específicos de importância militar a fim de minar as possibilidades de Saddam Hussein de empreender uma guerra". Com estas palavras o presidente norte-americano George W. Bush inicia a Guerra do Iraque transtornando o mundo e parecendo pôr um fim às esperanças de paz aguardadas pela humanidade. Em um conflito envolvendo 35 nações tem início um período de enormes tensões no mundo inteiro. Os reflexos da guerra são imediatamente refletidos na economia e na política internacional. Os Estados Unidos da América passam a assumir um status de império e com as seguintes palavras Bush se dirige ao mundo: "Quem não estiver conosco estará contra nós", o que faz lembrar claramente a política da antiga Roma Imperial. As imagens do horror da guerra correm pelo mundo e o suicídio de soldados americanos no Iraque chega a 14% das baixas militares. O Iraque foi devastado e a instabilidade política no Oriente Médio atinge níveis sem precedentes.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

  Março 2004. Após o início da construção de um gigantesco muro que separa Israel dos teritórios árabes e que anexa terras na Cisjordânia, Israel decide que o muro passará pela cidade natal de Jesus, Belém. Crescem os rumores sobre a construção de um Terceiro Templo judeu no Monte do Templo onde hoje se encontra a Mesquita Islâmica do Domo da Rocha. As atenções se voltam para as profecias bíblicas do Livro de Daniel e do Novo Testamento: "Quando, pois, virdes o abominável da desolação de que falou o profeta Daniel, no lugar santo (quem lê entenda), então, os que estiverem na Judéia fujam para os montes;" Mateus 24:15-16.  "Dele sairão forças que profanarão o santuário, a fortaleza nossa, e tirarão o sacrifício diário, estabelecendo a abominação desoladora." Daniel 11:31

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

2016 até o momento. Em todos os sentidos, tudo piorou no mundo. Não há uma só nação sobre a face da Terra onde exista paz e tranquilidade, incluindo o Brasil. Triste e lamentavelmente, a Perseguição aos Cristãos no mundo se tornou aterradora. Jamais, em toda a História da Igreja, tantos Cristãos foram perseguidos, presos, torturados e mortos como hoje se vê. A situação no Oriente Médio se tornou muito mais grave e os conflitos muito mais intensos, especialmente após o surgimento do EL (Estado Islâmico), o qual tem reinvidicado para si a autoria de diversos atentados no mundo. Também como nunca antes visto, por toda a parte o assunto é o Retorno do Senhor Jesus Cristo.

 

Mas, afinal, o que diz a Bíblia? O que devemos esperar para os próximos anos? Estamos ou não na iminência do Retorno do Senhor Jesus Cristo? E sobre a Grande Tribulação? Passará a Igreja de Cristo por esse período?

 

- Continuar para a Parte 3 deste Estudo...

 


 

 

Home