Versões e Traduções da Bíblia Original

As Traduções das Sagradas Escrituras e sua Harmonia com a Bíblia Autêntica e Verdadeira

“Eu, Jesus, enviei o meu anjo para vos testificar estas coisas às igrejas. Eu sou a Raiz e a Geração de Davi, a brilhante Estrela da manhã. O Espírito e a noiva dizem: Vem! Aquele que ouve, diga: Vem! Aquele que tem sede venha, e quem quiser receba de graça a água da vida. Eu, a todo aquele que ouve as palavras da profecia deste livro, testifico: Se alguém lhes fizer qualquer acréscimo, Deus lhe acrescentará os flagelos escritos neste livro; e, se alguém tirar qualquer coisa das palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte da árvore da vida, da cidade santa e das coisas que se acham escritas neste livro. Aquele que dá testemunho destas coisas diz: Certamente, venho sem demora. Amém! Vem, Senhor Jesus! A graça do Senhor Jesus seja com todos.” Apocalipse 22: 16-21

 

Ao ser solicitado a revelar aos seus discípulos quais seriam os sinais do fim do mundo e do seu retorno, o Senhor Jesus Cristo afirmou:

Vede que ninguém vos engane. Porque virão muitos em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo, e enganarão a muitos.” Mateus 24:4,5

Também em Mateus, na parábola do joio e do trigo, diz assim o Senhor:


“Outra parábola lhes propôs, dizendo: O reino dos céus é semelhante a um homem que semeou boa semente no seu campo; mas, enquanto os homens dormiam, veio o inimigo dele, semeou o joio no meio do trigo e retirou-se. E, quando a erva cresceu e produziu fruto, apareceu também o joio. Então, vindo os servos do dono da casa, lhe disseram: Senhor, não semeaste boa semente no teu campo? Donde vem, pois, o joio? Ele, porém, lhes respondeu: Um inimigo fez isso. Mas os servos lhe perguntaram: Queres que vamos e arranquemos o joio? Não! Replicou ele, para que, ao separar o joio, não arranqueis também com ele o trigo. Deixai-os crescer juntos até à colheita, e, no tempo da colheita, direi aos ceifeiros: ajuntai primeiro o joio, atai-o em feixes para ser queimado; mas o trigo, recolhei-o no meu celeiro.” Mateus 13:24-30

A partir do final do Século XIX e início do Século XX em diante, coisas inéditas e espantosas começaram a surgir no mundo. Dentre elas, está uma multiplicação impressionante de seitas as quais não somente propagam heresias e enganos, mas chegaram ao ponto da audácia de, deliberadamente, modificarem traduções da Bíblia original. Note-se aqui que não foi a Bíblia que foi modificada, mas traduções da Bíblia foram modificadas.

 

Dentre estas seitas, no Brasil tem crescido consideravelmente a seita dos Adventistas do Sétimo Dia, os quais além de serem legalistas (o homem só é salvo se cumprir a Lei de Moisés), também ensinam, enganando, que não haverá condenação eterna, contrariando, de modo grave, os ensinamentos do Senhor Jesus Cristo. Os Adventistas são uma peça importante na divulgação de material de ensino adulterado. De modo mais grotesco e menos sutil, outra seita, chamada de Testemunhas de Jeová (Sociedade Torre de Vigia) produziu uma versão (tradução) adulterada da Bíblia original. A versão adulterada da Sociedade Torre de Vigia é conhecida como Tradução Novo Mundo da Bíblia Sagrada.

Nota: Para fins de referência neste estudo, usaremos a versão (tradução) da Bíblia que utilizamos em nossos estudos: João Ferreira de Almeida Revista e Atualizada (ARA), publicada pela Sociedade Bíblica do Brasil (SBB).

Confira agora o leitor, por si próprio, as diferenças entre a Bíblia original e as modificações.


Tradução do Novo Mundo (TNM) da Bíblia Sagrada feita pela seita Testemunhas de Jeová. ADULTERADA!

Alguns Tópicos Doutrinários Heréticos da seita Testemunhas de Jeová:

1- As Testemunhas de Jeová não creem na divindade do Senhor Jesus Cristo
2- Não creem na Trindade de Deus
3- Não creem na Existência do Inferno
4- Não creem na condenação eterna
5- Acreditam que somente 144.000 irão para o céu
 

Texto utilizado pela Sociedade Torre de Vigia para a Tradução do Novo Mundo (TNM) da Bíblia Sagrada:

 

Texto de Westcott e Hort: O Texto Alexandrino e o Codex Vaticanus (ambos DOCUMENTOS CATÓLICOS). São também chamados de Texto Crítico.


Adulterações contidas na Tradução do Novo Mundo (TNM) confrontadas com o Novo Testamento Original - Textus Receptus. Tradução de João Ferreira de Almeida (ARA).

- Bíblia Verdadeira, Almeida Revista e Atualizada (ARA)

(ARA) João 1:1 “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.”


- Tradução Novo Mundo da Bíblia Sagrada (TNM). ADULTERADA
(TNM) João 1:1 
“No princípio era a Palavra, e a Palavra estava com Deus, e a Palavra era um deus.”


Comentário: Objetivo da adulteração: Negar a divindade de Jesus Cristo.

 

- (ARA) João 1:14 “E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade, e vimos a sua glória, glória como do unigênito do Pai.”

 

- (TNM) João 1:14 “De modo que a Palavra se tornou carne e residiu entre nós, e nós vimos a sua glória, uma glória como a de um filho unigênito de um pai; ele estava cheio de favor divino e de verdade”

 

Comentário: Objetivo da adulteração: Negar a divindade de Jesus Cristo.

 

- (ARA) Lucas 23:43 “Jesus lhe respondeu: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso.”

 

- (TNM) Lucas 23:43 E ele lhe disse: “Em verdade, eu lhe digo hoje: Você estará comigo no Paraíso.”

 

Comentário: Objetivo da adulteração: Negar a divindade de Jesus Cristo e afirmar a falsa doutrina de que somente 144.000 irão para o céu.

 

- (ARA) Hebreus 1:2 “Nestes últimos dias, nos falou pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas, pelo qual também fez o universo.”

 

- (TNM) Hebreus 1:2 “Agora, no fim destes dias, ele nos falou por meio de um Filho, a quem designou herdeiro de todas as coisas e por meio de quem fez os sistemas de coisas.”

 

Comentário: Objetivo da adulteração: Negar a divindade de Jesus Cristo. Negar que toda a Criação foi feita pelo Verbo de Deus, o Senhor Jesus Cristo.

 

- (ARA) Hebreus 1:6 “E, novamente, ao introduzir o Primogênito no mundo, diz: E todos os anjos de Deus o adorem.

 

- (TNM) Hebreus 1:6 “Mas, ao trazer novamente o seu Primogênito à terra habitada, ele diz: “Que todos os anjos de Deus lhe prestem homenagem.”

 

Comentário: Objetivo da adulteração: Negar a divindade de Jesus Cristo. "Prestar homenagem" pode ser aplicado a qualquer um, mas adorar, somente Deus pode ser adorado, pois o Senhor Jesus Cristo é o próprio Deus.

 

Penso que sobre estas adulterações grotescas da Bíblia, perverções da seita Testemunhas de Jeová, já mostramos o suficiente.

 

Nova Versão Internacional - (NVI). NÃO É ADULTERADA!

 

Esta é uma tradução da Bíblia que também utilizamos e que é baseada na chamada Equivalência Dinâmica, que é um dos modos de se traduzir as Escrituras. Esta tradução NÃO MUDA, e NÃO AFETA as Doutrinas Essenciais das Escrituras. Um dos pontos interessantes desta tradução é a utilização de Vocês em lugar de Vós, como nas mais utilizadas traduções de João Ferreira de Almeida. Este detalhe pode tornar a leitura na NVI mais acessível aos que preferem uma tradução em um Português mais simples.

 

Texto utilizado pela comissão de tradutores da Nova Versão Internacional (NVI):

 

Texto de Westcott e Hort: O Texto Alexandrino e o Codex Vaticanus. São também chamados de Texto Crítico.

 

Alguns exemplos para comparação entre a tradução da Bíblia Nova Versão Internacional (NVI) com a tradução - Almeida Revista e Atualizada (ARA) e Almeida Corrigida Fiel (ACF)

 

- (ARA) João 6:47 “Em verdade, em verdade vos digo: quem que crê em mim tem a vida eterna.”


- (NVI) João 6:47
“Asseguro-lhes que aquele que crê tem a vida eterna.”

 

- (ARA) Apocalipse 22:14 “Bem-aventurados aqueles que lavam as suas vestiduras no sangue do Cordeiro, para que lhes assista o direito à árvore da vida, e entrem na cidade pelas portas.”


- (NVI) Apocalipse 22:14
“Felizes os que lavam as suas vestes, para que tenham direito à árvore da vida e possam entrar na cidade pelas portas.”

 

A Crítica Textual e A Nova Versão Internacional (NVI)

 

A Nova Versão Internacional (NVI) é resultado da chamada Crítica Textual, cujo alegado objetivo é “utilizar os melhores manuscritos” e “os mais antigos manuscritos” do Novo Testamento, o que chamam de Texto Crítico. Lembrando aqui que um manuscrito encontrado pela Arqueologia não necessariamente significa uma cópia legítima de um manuscrito bíblico autêntico, diferentemente do Textus Receptus, ou Texto Recebido, o que foi utilizado por João Ferreira de Almeida para a tradução do Novo Testamento para o Português. O Textus Receptus ou Texto Recebido é comprovadamente autêntico! O Texto Recebido é citado pelos pais da Igreja desde os primeiros séculos d.C.

 

A Nova Versão Internacional (NVI) utiliza os manuscritos Texto Alexandrino e o Codex Vaticanus.
 

Consideraçõe sobre a Crítica Textual.


Um dos mais conhecidos historiadores adeptos da Crítica Textual é o norte-americano Daniel Wallace. Em uma de suas palestras, ao ser perguntado sobre se ele cria na Preservação Providencial das Escrituras, Wallace respondeu que não! Afirmando, ainda, que cria na História (ou seja, na Ciência), sugerindo desta forma que a História para ele seria mais confiável do que a Preservação das Escrituras pelo próprio Deus.

Trechos da Bíblia que os adeptos da Crítica Textual afirmam que não se encontram nos manuscritos “mais antigos” são citados por alguns dos chamados pais da Igreja em datas anteriores aos tais “melhores e mais antigos manuscritos”. Segundo os adeptos da Crítica Textual, dentre os diversos manuscritos considerados integrantes do Texto Crítico, o mais antigo seria do século 4 d.C. Sendo que há citações dos pais da Igreja, e que concordam com o Textus Receptus, já no século 3 d.C., portanto anterior ao Texto Crítico. Esta é mais uma evidência a favor do Textus Receptus e que não se harmoniza com os postulados dos adeptos da Crítica Textual do Novo Testamento.

 

O Texto utilizado para a tradução da Nova Versão Internacional (NVI) é o Texto de Westcott e Hort, que são o Texto Alexandrino e o Codex Vaticanus. São também conhecidos como Textos Críticos.

 

Nossa Posição - Há somente UMA BÍBLIA, com diferentes traduções para diversos idiomas.

 

Em Português, particularmente, utilizamos as versões (traduções) João Ferreira de Almeida Revista e Atualizada no Brasil, Almeida Corrigida Fiel e Nova Versão Internacional (NVI) e cremos fielmente que Deus tem preservado as Suas Escrituras através dos séculos, estando Suas fiéis e eternas palavras protegidas pelo próprio Deus.

 

As versões Almeida Revista e Corrigida e Almeida Revista e Atualizada são publicadas pela Sociedade Bíblica do Brasil. Já a Almeida Corrigida Fiel é publicada pela Sociedade Bíblica Trinitariana.

 

  Almeida Revista e Atualizada - Sociedade Bíblica do Brasil - (Utilizamos). Método de Tradução: Equivalência Dinâmica e Equivalência Formal.

 

 • Nova Tradução na Linguagem de Hoje - Sociedade Bíblica do Brasil - (Utilizamos). Método de Tradução: Equivalência Dinâmica.

 

  Almeida Corrigida Fiel - Sociedade Bíblica Trinitariana do Brasil - (Utilizamos) - Método de Tradução: Equivalência Formal.

 

 • Nova Versão Internacional (NVI) - The International Bible Society - (Utilizamos) - Método de Tradução: Equivalência Dinâmica e Equivalência Formal.

 

 Nota: Para a leitura do Livro de Eclesiastes e Provérbios, em nossa visão, a melhor tradução é a Nova Tradução na Linguagem de Hoje, da Sociedade Bíblia do Brasil.

 

“Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade.” SENHOR JESUS CRISTO João 17:17

 

 

 - Artigo Relacionado: Estudo sobre a Bíblia - Os Homens mudaram a Bíblia?

 - Confira: Nossa Confissão de Fé

 


 

Ministério Missionário Cristão

Christian Missionary Ministry

 

Home