Teosofia, Promovendo o DESconhecimento de Deus

Aos que desejarem permanecer nas trevas da cegueira espiritual, aos que desejarem enganar a si próprios e serem enganados e aos que desejam viver sem Deus, a Teosofia é o melhor caminho.


Sob a máscara de uma busca por "sabedoria" esse sistema Religioso-Filosófico-Espírita-Ocultista chamado de Teosofia tem seduzido a muitos afastando-os da verdadeira sabedoria e afundado-os ainda mais na escuridão das trevas espirituais.
Fundado pela bruxa espírita ocultista Helena Petrovna Blavatsky em fins do século XIX, a Sociedade Teosófica se apresenta como sendo um atraente e sedutor meio de se obter "sabedoria". Essa "sabedoria" no entanto nada tem a ver com a sabedoria ensinada pelo Senhor Deus. A "sabedoria" da Teosofia não passa de espiritismo e ocultismo mascarado sob diversos formatos.
Uma maneira bem simples de definir a real identidade da Teosofia é: "Neo-Hinduísmo".


A Teosofia, à semelhança do Hinduísmo, acredita haver uma "Essência Superior", uma "Essência Suprema" ou ainda uma "Essência Divina" presente no cosmos e no interior do homem. Segundo os ensinamentos teosóficos, essa tal "Essência Superior" deve ser alcançada por uma espécie de autoconhecimento mesclado com espiritismo. É o mesmo ensinamento Hindu do "eu sou Brahma", "o universo é Brahma", "eu sou Deus", "tudo é Deus", etc. É a velha e conhecida patranha Hindu que assevera que o homem deve buscar unir-se à "sabedoria divina", ao "infinito" à "substância".


Uma pergunta, logo de início, pode ser feita: Por que a Teosofia não fala diretamente em um Deus pessoal, Criador do céu e da terra? O Deus verdadeiro, o Pai do Senhor Jesus Cristo? A resposta é: Porque o sistema Teosófico não foi montado para conduzir ninguém a Deus, pelo contrário. O objetivo oculto por detrás dos panos da Teosofia é afastar o homem de Deus e levá-lo a ter contato com "espíritos cósmicos". E o porquê disto é bastante evidente: Satanás é o patrocinador da Teosofia.
Em uma sociedade materialista e intelectualizada como a nossa sociedade ocidental a explícita doutrina panteísta, espiritista e ocultista do Hinduísmo precisava de ser maquiada e disfarçada a fim de seduzir novos adeptos, e tal qual o Budismo a Teosofia é o velho Hinduísmo satânico disfarçado em "busca por sabedoria".


Outra evidência de que a Teosofia é um sistema religioso-filosófico-ocultista anticristo é que os teosofistas se prestam a dar ouvidos a qualquer coisa ou a qualquer um, MENOS ao Senhor Jesus Cristo. E a razão é porque o Senhor Jesus é a Luz, e a Teosofia é promotora da escuridão.
A Teosofia aceita a mentirosa Teoria da Evolução e ensina a doutrina demoníaca Hindu da transmigração da alma (doutrina segundo a qual o homem "evolui" passando por diversas reencarnações, sendo que, enquanto o Kardecismo ensina a reencarnação em corpos humanos, a transmigração da alma ensina que o homem pode reencarnar em outro corpo humano como também em um cão, em um rato ou em uma barata).


A idéia da "busca pela sabedoria" e de um entendimento de uma "sabedoria infinita" são os carros chefes de sedução da Teosofia. O adepto deste sistema ocultista se sente assim "instruído" passando a possuir uma falsa idéia de conhecimento, pois todos os caminhos da Teosofia conduzem ao agravamento da ignorância espiritual, jamais conduz ninguém a Deus.


A Teosofia possui ainda um forte componente idólatra da criatura humana, pois assevera que o homem deve se "autocontemplar", o que, segundo os teosofistas, seria uma das maneiras para se atingir a "elevação" (é o equivalente ao Nirvana do Budismo e ao "eu sou Deus" do Hinduísmo).
Para a Teosofia o verdadeiro Deus não existe, e para "substituí-lo" ensinam a existência de um "espírito universal" (a tal "essência superior").
Procurando encontrar meios e modos para conseguir crédito para suas doutrinas espíritas-ocultistas, os teosofistas estão sempre afirmando que o "conhecimento teosófico" é antigo e remonta a milhares de anos atrás. Citando filósofos da antiguidade como Pitágoras, Platão, ou posteriores como Leibnitz e Espinosa, procuram passar a idéia do "intelectualizado", o que nada mais é do que a maquiagem do explícito espiritismo teosofista.


O interesse de Satanás em que os homens se envolvam, a todo custo, com o espiritismo é a possessão demoníaca (a forma mais grave e desejada pelo diabo para controlar as vidas das pessoas para destruí-las e para destruir a outros).
Há ainda outra máscara: a da "tolerância" e da "fraternidade", e um outro nome para a Sociedade Teosófica é: "Fraternidade Universal da Humanidade".
Essa máscara também exerce poderosa sedução nas mentes dos homens, pois julgam estar "do lado do bem" ignorando que estão na realidade bem ao lado do inimigo de Deus.


A Sociedade Teosófica arroga para si a originalidade da Alquimia, da Gnose e da Psicologia, e ainda se dizem cultivadores das ciências e das artes. Para atrair mentes intelectualizadas para seu espiritismo esotérico, a Teosofia procura citar cientistas espíritas, como se isso pudesse servir de "aval" para o ingresso de alguém nessa prática filha do inferno. O princípio arrogante do "eu adoro a mim mesmo" está sempre presente, evidenciando assim o princípio satânico da "independência de Deus", ou seja, as tentativas de viver sem o reconhecimento da dependência de Deus.
A linguagem de seus escritos é medianamente elaborada, e com freqüência fazem referência aos magos ocultistas do antigo Egito, como se isso também servisse de aval.


Finalizando, a Teosofia foi uma espécie de preparadora para o hoje tão difundido New Age Movement (Movimento Nova Era) o qual consegue a proeza de recolher em si todo o lixo religioso, filosófico e místico anticristo que já foi até hoje concebido na triste parceria de homens incrédulos e rebeldes com o diabo.

"O temor do SENHOR é o princípio do saber, mas os loucos desprezam a sabedoria e o ensino." Provérbios 1:7

"Porque o SENHOR dá a sabedoria, e da sua boca vem a inteligência e o entendimento." Provérbios 2:6

"Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e nada lhes impropera; e ser-lhe-á concedida." Tiago 1:5

 

 

 


INTELLECTUS

 

Home