Leis e Direito

Lamentavelmente, há muita incompreensão, por parte de muitos, do fato de que neste site não militamos contra homens e nem a ninguém difamamos, mas, antes, segundo o mandamento do Senhor Jesus Cristo e cumprindo as Suas determinações, anunciamos o Evangelho de Cristo, e também em razão de ser esta a nossa mais sublime missão. Não podemos, de modo algum, deixar de ser beligerantes contra o mal, encabeçado pelo seu Líder, Satanás, o inimigo de Deus. Deste modo, ainda que incompreendidos e caluniados, mantemos nossas armas espirituais em guarda erguida, segundo está escrito:

"Porque as armas da nossa milícia não são carnais, e sim poderosas em Deus, para destruir fortalezas, anulando nós sofismas e toda altivez que se levante contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo pensamento à obediência de Cristo" 2 Coríntios 10:4,5

"Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais." Efésios 6:12

E uma vez que, ainda por um pouco, permaneçamos neste mundo putrefato e corrupto, dominado pelo mal, até que venha o Senhor com grande poder e glória, como prometeu, devemos nós estar sujeitos às autoridades deste mundo, como também está escrito:

"Sujeitai-vos a toda instituição humana por causa do Senhor, quer seja ao rei, como soberano, quer às autoridades, como enviadas por ele, tanto para castigo dos malfeitores como para louvor dos que praticam o bem. Porque assim é a vontade de Deus, que, pela prática do bem, façais emudecer a ignorância dos insensatos; como livres que sois, não usando, todavia, a liberdade por pretexto da malícia, mas vivendo como servos de Deus. Tratai todos com honra, amai os irmãos, temei a Deus, honrai o rei." 1 Pedro 2:13-17

Temos sido atacados, difamados e falsamente acusados de sermos preconceituosos e intolerantes. Porém, em contrapartida, advertimos aos nossos acusadores que, assim como nós, também eles se encontram debaixo das leis vigentes nesta nação. E sendo assim, se julgarmos oportuno, procederemos, sem vacilar, em fazer valer nossos direitos e deveres como cidadãos que somos, dando a resposta devida, ainda que seja, se necessário, em juízo terreno.

"Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no país a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade (...)"

"Ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude da lei"

"É assegurado o direito de resposta, proporcional ao agravo, além de indenização por dano material, moral ou à imagem"

“É inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias”

“Ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei”

"É livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença."

Constituição da República Federativa do Brasil: Art.5:II,V,VI,VIII,IX

Este Ministério conta com completa assessoria jurídica da qual, se necessário for, nos valeremos.

Acima de tudo, contamos com o apoio e com o suporte do

SENHOR JESUS CRISTO, DEUS, REI dos reis e SENHOR dos senhores, o SOBERANO JUÍZ dos Céus e da Terra.
 


INTELLECTUS

 

Home