Apocalipse 5. O Livro na Mão do Cordeiro

O Livro na Mão do Cordeiro. Que Livro é este que Deus segura em sua Mão Direita?

“Vi na destra do que estava assentado sobre o trono um livro escrito por dentro e por fora, bem selado com sete selos. Vi também um anjo forte, clamando com grande voz: Quem é digno de abrir o livro e de romper os seus selos? E ninguém no céu, nem na terra, nem debaixo da terra, podia abrir o livro, nem olhar para ele. E eu chorava muito, porque não fora achado ninguém digno de abrir o livro nem de olhar para ele. E disse-me um dentre os anciãos: Não chores; eis que o Leão da tribo de Judá, a raiz de Davi, venceu para abrir o livro e romper os sete selos.” Apocalipse 5:1-5

Como já dito em outros artigos que publicamos, esta iniciativa de escrever estudos sobre o Livro do Apocalipse (Apocalipse significa Revelação), tem por finalidade, dentre outras principais, a de suscitar um interesse maior na Igreja pela leitura deste que é o último dos Livros da Bíblia, o qual traz impressionantes e magníficas revelações de Deus sobre o fim da história humana e o sobre o início do dia eterno, que é a eternidade com Deus nos céus eternos.

A estranha propaganda que se tem feito sobre o Apocalipse como sendo um livro “dificílimo” e cujo conteúdo seria acessível a uns poucos estudiosos das Escrituras não corresponde à realidade. O desejo e a vontade de Deus é que todo o seu povo conheça, e bem, o que nele está escrito, razão pela qual o Apocalipse foi dado à Igreja:

“Revelação de Jesus Cristo, que Deus lhe deu para mostrar aos seus servos as coisas que brevemente devem acontecer; e, enviando-as pelo seu anjo, as notificou a seu servo João; o qual testificou da palavra de Deus, e do testemunho de Jesus Cristo, de tudo quanto viu.” Apocalipse 1:1,2

Em nossa opinião, a dificuldade que muitos atribuem à compreensão do Apocalipse se dá, em importante medida, à lamentável displicência e até mesmo um certo descaso para com a leitura da Bíblia. Não faltam os que põem à parte uma considerável parcela de seu tempo para assistirem a novelas ridículas e nocivas à mente e ao espírito, a espetáculos televisivos bobocas e a um tanto outro número de futilidades e inutilidades, negligenciando a sua própria saúde espiritual por deixarem de dedicar tempo prioritário à leitura das Escrituras, as quais são a Palavra de Deus.

Em nosso caso específico, somos obrigados, por necessidades profissionais, a dedicar boa parcela do nosso tempo à leitura científica. Todavia, nossa prioridade é a Palavra de Deus. E a existência deste website e ministério, com centenas de artigos por nós publicados, e também reproduzidos por outros pela internet afora, todos à luz das Escrituras, jamais seria possível caso houvéssemos sido negligentes para com a leitura da Bíblia. Sendo que todo o mérito e louvor para a sua compreensão são devidos ao Espírito Santo, o único que nos capacita a entender as Escrituras de Deus.

O mundo especula, fantasia, engana e mente, e o único meio de escaparmos às mentiras do mundo e conhecermos a verdade sobre o que sucede hoje à nossa volta, e sobre o que sucederá nos dias adiante de nós, é pelo conhecimento das Escrituras, a Bíblia.

O Livro na Mão do Cordeiro. Que Livro é este que Deus segura em sua Mão Direita?

Importante termos sempre em mente que as perguntas sobre a Bíblia são sempre respondidas pela própria Bíblia, como veremos a seguir. Importante ter também em mente que o Apocalipse foi escrito por nossa causa, por causa da nossa salvação.

“Pois tudo quanto, outrora, foi escrito para o nosso ensino foi escrito, a fim de que, pela paciência e pela consolação das Escrituras, tenhamos esperança.” Romanos 15:4

Este mesmo princípio pode ser aplicado ao livro que é mencionado em Apocalipse 5, ou seja, a salvação que Deus nos preparou. Ao examinarmos o versículo 5 deste capítulo, vemos que o Cordeiro venceu para abrir o livro e para lhe desatar os selos.

“Todavia, um dos anciãos me disse: Não chores; eis que o Leão da tribo de Judá, a Raiz de Davi, venceu para abrir o livro e os seus sete selos.” Apocalipse 5:5

A identidade deste que venceu para abrir o livro é inquestionavelmente precisa, tratando-se do Senhor Jesus Cristo, o Cordeiro de Deus, o Leão da Tribo de Judá, a Raiz de Davi, como ele mesmo afirma:

Eu, Jesus, enviei o meu anjo para vos testificar estas coisas a favor das igrejas. Eu sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da manhã.” Apocalipse 22:16

E nas Escrituras, somente o Senhor Jesus Cristo é chamado de o Cordeiro de Deus. Ninguém mais!

“No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.” João 1:29

Novamente lembramos que está escrito que o Cordeiro venceu para abrir o livro. Ora, qual a finalidade de toda a obra realizada pelo ministério do Senhor Jesus Cristo? Tudo para nos salvar, para a nossa salvação. Sendo assim, se é a própria Bíblia que afirma que o Senhor Jesus venceu para abrir o Livro e para lhe desatar os selos, é evidente que este importante Livro tem relação direta com a vitória do Senhor Jesus Cristo em prol de nossa salvação.

“Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido” Lucas 19:10

Pode haver quem pense que este livro na mão direita de Deus contém os eventos finais que sobrevirão ao mundo neste tempo do fim, todavia, os eventos que sobrevirão ao mundo estão descritos no Apocalipse como acontecendo sistematicamente após a abertura de cada um dos sete selos e não quando da abertura do livro em si.

Na verdade, para que o livro possa ser aberto, antes é necessário que lhe sejam desatados os sete selos, e a cada selo aberto algo tremendo acontece. Mas antes de falarmos sobre estas coisas, prossigamos no sentido de identificar que livro é este.

Ora, o Apocalipse faz menção do próprio Apocalipse, referindo-se a ele como “o livro desta profecia”, vejamos:

“E se alguém tirar qualquer coisa das palavras do livro desta profecia, Deus lhe tirará a sua parte da árvore da vida, e da cidade santa, que estão descritas neste livro.” Apocalipse 22:19

Porém, o Apocalipse só faz menção de um único livro como sendo “O Livro do Cordeiro”, vejamos:

“E adora-la-ão todos os que habitam sobre a terra, esses cujos nomes não estão escritos no livro do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo.” Apocalipse 13:8

E o Livro do Cordeiro é também chamado de o Livro da Vida:

“E não entrará nela coisa alguma impura, nem o que pratica abominação ou mentira; mas somente os que estão inscritos no livro da vida do Cordeiro.” Apocalipse 21:27

E vejamos o que está escrito nos versículos 9 e 10 deste capítulo 5 do Apocalipse que estamos estudando:

“E cantavam um cântico novo, dizendo: Digno és de tomar o livro, e de abrir os seus selos; porque foste morto, e com o teu sangue compraste para Deus homens de toda tribo, e língua, e povo e nação; e para o nosso Deus os fizeste reino, e sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra.” Apocalipse 5:9,10

Novamente vemos o porquê de o Cordeiro, o Senhor Jesus Cristo, ser digno “de tomar o livro, e de abrir os seus selos”. E a resposta é:

“porque foste morto, e com o teu sangue compraste para Deus homens de toda tribo, e língua, e povo e nação; e para o nosso Deus os fizeste reino, e sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra.”

Ora, se o Senhor Jesus Cristo morreu e ressuscitou, vencendo por nossa causa, e se esta vitória lhe concede o direito de tomar o livro da mão direita de Deus (que significa recebê-lo) e abri-lo por nossa causa, nos parece evidente que este livro do Cordeiro é o mesmo livro descrito em Apocalipse 21:27, ou seja, o Livro da Vida do Cordeiro. E é neste livro que estão os nomes dos salvos, razão pela qual só o pode abrir aquele que foi morto e com o seu sangue comprou para Deus homens de toda tribo, e língua, e povo e nação.

O Livro da Vida contém os nomes de todos os que estão destinados para a vida eterna:

“E todo aquele que não foi achado inscrito no livro da vida, foi lançado no lago de fogo.” Apocalipse 20:15

E a expressão que utilizamos “destinados para a vida eterna”, a utilizamos porque é a própria Bíblia que a utiliza:

“Os gentios, ouvindo isto, alegravam-se e glorificavam a palavra do Senhor; e creram todos quantos haviam sido destinados para a vida eterna.” Atos 13:48

E o Apocalipse só faz confirmar este mistério, pois afirma que o Livro da Vida do Cordeiro foi escrito DESDE A FUNDAÇÃO DO MUNDO!

“A besta que viste, era e não é, está para emergir do abismo e caminha para a destruição. E aqueles que habitam sobre a terra, cujos nomes não foram escritos no Livro da Vida desde a fundação do mundo, se admirarão, vendo a besta que era e não é, mas aparecerá.” Apocalipse 17:8

E o fato de os nomes dos que estão destinados para a salvação estar escrito no Livro da Vida, é dito, novamente, pelo próprio Senhor Jesus:

“O que vencer será assim vestido de vestes brancas, e de maneira nenhuma riscarei o seu nome do livro da vida; antes confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus anjos.” Apocalipse 3:5

E novamente:

“E vi os mortos, grandes e pequenos, em pé diante do trono; e abriram-se uns livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida; e os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras.” Apocalipse 20:12

“E todo aquele que não foi achado inscrito no livro da vida, foi lançado no lago de fogo.” Apocalipse 20:15

Haverá um momento, em um futuro cada vez mais próximo, em que o Livro da Vida será aberto, e por que e para que será aberto? Os versículos acima já nos revelam que será aberto para o juízo de Deus, pois o cenário descrito em Apocalipse 20 é claramente o dia do juízo, pois aquele cujo nome nele estiver escrito será chamado para a salvação e aquele cujo nome não for achado inscrito no livro, para estes últimos a condenação.

As orações para que sejam escritos nomes de pessoas no Livro da Vida

“Senhor! Escreve o nome dele no Livro da Vida”! Esta é uma oração que já foi feita a Deus a favor de alguns dentre nós (em prol da nossa conversão e salvação) e já a temos visto sendo feita a Deus diversas vezes em favor da conversão e da salvação de outras pessoas. Embora a forma da oração esteja correta, pois suplicar a Deus que ele escreva o nome de alguém no Livro da Vida é o mesmo que pedir pela salvação de alguém, Deus não escreverá o nome de ninguém no Livro da Vida, pois ele já o fez, como vimos acima, e isto desde a fundação do mundo. E uma referência a este fato podemos encontrá-la em 1 Pedro 1:1,2

“Pedro, apóstolo de Jesus Cristo, aos eleitos que são forasteiros da Dispersão no Ponto, Galácia, Capadócia, Ásia e Bitínia, eleitos, segundo a presciência de Deus Pai, em santificação do Espírito, para a obediência e a aspersão do sangue de Jesus Cristo, graça e paz vos sejam multiplicadas.”

Embora neste estudo não estejamos tratando com exclusividade sobre o tema da eleição, pois já publicamos um artigo a respeito, quer entendamos ou não, a eleição de Deus é um fato bíblico.

“Eu vos tenho amado, diz o SENHOR; mas vós dizeis: Em que nos tens amado? Não foi Esaú irmão de Jacó? —disse o SENHOR; todavia, amei a Jacó, porém aborreci a Esaú; e fiz dos seus montes uma assolação e dei a sua herança aos chacais do deserto.” Malaquias 1:2,3

E o apóstolo Paulo cita este trecho do livro de Malaquias, e o explica:

“E ainda não eram os gêmeos nascidos, nem tinham praticado o bem ou o mal (para que o propósito de Deus, quanto à eleição, prevalecesse, não por obras, mas por aquele que chama), já fora dito a ela: O mais velho será servo do mais moço. Como está escrito: Amei Jacó, porém me aborreci de Esaú. Que diremos, pois? Há injustiça da parte de Deus? De modo nenhum! Pois ele diz a Moisés: Terei misericórdia de quem me aprouver ter misericórdia e compadecer-me-ei de quem me aprouver ter compaixão. Assim, pois, não depende de quem quer ou de quem corre, mas de usar Deus a sua misericórdia.” Romanos 9:11-16

A chave para a compreensão e para o entendimento da eleição, bem evidente nos trechos bíblicos acima, é que o livre arbítrio do homem é limitado e está sujeito à vontade de Deus. Ninguém decide, por si próprio, se entrará ou não na habitação eterna de Deus. Isto quem decide é o próprio Deus. Porém, se ouvimos as palavras do Senhor Jesus Cristo, e a guardamos, como ele ensina, então certamente seremos salvos.

“Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado por meu Pai, e eu também o amarei e me manifestarei a ele.” João 14:21

“Eu sou a porta. Se alguém entrar por mim, será salvo; entrará, e sairá, e achará pastagem.” João 10:9 

Por que os sete selos necessitam ser desatados antes que o Livro da Vida seja aberto?

Este é um dos pontos mais importantes deste estudo, pois diz respeito à necessária purificação por que terá que passar a Igreja de Cristo antes que seja chamada para as Bodas do Cordeiro. E esta purificação acontecerá em meio a perseguições, provações e sofrimentos, os quais se darão durante o período em que os sete selos estarão sendo abertos, como já há muitos anos profetizou o profeta Daniel:

“Alguns dos sábios cairão para serem provados, purificados e embranquecidos, até ao tempo do fim, porque se dará ainda no tempo determinado.” Daniel 11:35

“Nesse tempo, se levantará Miguel, o grande príncipe, o defensor dos filhos do teu povo, e haverá tempo de angústia, qual nunca houve, desde que houve nação até àquele tempo; mas, naquele tempo, será salvo o teu povo, todo aquele que for achado inscrito no livro. Muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para a vida eterna, e outros para vergonha e horror eterno. Os que forem sábios, pois, resplandecerão como o fulgor do firmamento; e os que a muitos conduzirem à justiça, como as estrelas, sempre e eternamente.” Daniel 12:1-3

Os eventos que sucederão quando da abertura de cada um dos sete selos significam também juízo e castigo sobre o mundo, e ainda estará havendo oportunidade para salvação, pois a ressurreição dos justos e o arrebatamento da Igreja somente ocorrerão no último dia, e o último dia será, evidentemente, o último, logo posterior a estas coisas que têm de suceder.

Lembrando ainda, que o arrebatamento da Igreja só ocorrerá após terem sido ressuscitados os santos, e a ressurreição dos santos só ocorrerá no último dia:

“Porquanto esta é a vontade de meu Pai: Que todo aquele que vê o Filho e crê nele, tenha a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia.” João 4:40

Os eventos que têm de suceder são também para testemunho a todas as nações, e isto por causa do juízo.

“E será pregado este evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então, virá o fim.” Mateus 24:14

E o testemunho dos cristãos terá sido dado, ao longo de toda a História, em períodos de tranquilidade, mas também em períodos de grande dor e de sofrimento, como nos dias que já começam a chegar para nós.

No próximo estudo falaremos sobre os eventos que sucederão quando da abertura de cada um dos sete selos do Livro do Cordeiro. Se Deus assim nos conceder. Antecipando aqui, que após a abertura do sétimo dos sete selos, sete anjos tocarão sete trombetas:

Quando abriu o sétimo selo, fez-se silêncio no céu, quase por meia hora. E vi os sete anjos que estavam em pé diante de Deus, e lhes foram dadas sete trombetas.” Apocalipse 8:1,2

E será quando ressoar a última das sete trombetas o momento quando seremos arrebatados. E esta é mais uma evidência de que a Igreja terá de enfrentar toda a grande tribulação, pois os sete selos e as sete trombetas estarão anunciando os eventos que acontecerão durante a tribulação. A Igreja só será arrebatada quando a sétima trombeta ressoar. E a sétima trombeta só será ouvida após a abertura dos sete selos e após as outras seis trombetas terem soado.

“Eis aqui vos digo um mistério: Nem todos dormiremos mas todos seremos transformados, num momento, num abrir e fechar de olhos, ao som da última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos serão ressuscitados incorruptíveis, e nós seremos transformados.” 1 Coríntios 15:51,52

“Porque o Senhor mesmo descerá do céu com grande brado, à voz do arcanjo, ao som da trombeta de Deus, e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos seremos arrebatados juntamente com eles, nas nuvens, ao encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor.” 1 Tessalonicenses 4:16,17

 

INTELLECTUS

Home