Seicho-No-Ie, religião, filosofia ou mais um bem elaborado embuste espiritual?

Seicho-No-Ie, Masaharu Tanigushi, Franz Anton Mesmer, Mesmerismo, Phineas Parkhurst Quimby, New Thought , Novo Pensamento, Ciência Religiosa

 "Todo ser humano é filho de Deus, já é imaculado e redimido, todas as religiões provém de uma mesma verdade, o Céu pode ser trazido à Terra, o mal não existe, as doenças não existem, mas são frutos de uma mente iludida" (Ensinamentos da Seicho-No-Ie)

As afirmações acima deverão soar estrondosamente estranhas a qualquer verdadeiro cristão, e isto porque são mentiras. Neste estudo você verá como esta seita oriental, também conhecida como Unidade Japonesa, é um absurdo sob a perspectiva bíblica e quão inútil é se envolver com ela.

“Ora, em toda a terra havia apenas uma linguagem e uma só maneira de falar. Sucedeu que, partindo eles do Oriente, deram com uma planície na terra de Sinar; e habitaram ali. E disseram uns aos outros: Vinde, façamos tijolos e queimemo-los bem. Os tijolos serviram-lhes de pedra, e o betume, de argamassa. Disseram: Vinde, edifiquemos para nós uma cidade e uma torre cujo tope chegue até aos céus e tornemos célebre o nosso nome, para que não sejamos espalhados por toda a terra. Então, desceu o SENHOR para ver a cidade e a torre, que os filhos dos homens edificavam; e o SENHOR disse: Eis que o povo é um, e todos têm a mesma linguagem. Isto é apenas o começo; agora não haverá restrição para tudo que intentam fazer. Vinde, desçamos e confundamos ali a sua linguagem, para que um não entenda a linguagem de outro. Destarte, o SENHOR os dispersou dali pela superfície da terra; e cessaram de edificar a cidade. Chamou-se-lhe, por isso, o nome de Babel, porque ali confundiu o SENHOR a linguagem de toda a terra e dali o SENHOR os dispersou por toda a superfície dela.” Gênesis 11:1-9

Nada parece ser mais sedutor aos homens do que o elevar-se acima da posição, ou do status, no qual se encontra. A sede pelo poder, pelo domínio e pela superioridade é, sem dúvida, uma marca profunda em todos os descendentes de Adão. O trecho bíblico acima bem demonstra quão maculado é o caráter do homem natural, alheio às coisas de Deus e dependente de si próprio. O objetivo dos que planejavam edificar uma torre “cujo tope chegue até aos céus” era o de tornar célebre os seus nomes, satisfazendo assim os seus apetites egoístas e egocêntricos e, ainda, estabelecer uma condição de superioridade e de poder acima uns dos outros. Isto é uma aberração aos olhos de Deus e é consequência da deformidade que atingiu o homem quando este pecou, rompendo a harmonia da criação estabelecida pelo Senhor Deus. Por diversas vezes o Senhor Jesus advertiu os Seus discípulos a fim de que rechaçassem este princípio egoísta e detestável aos olhos do Criador, e o trecho bíblico a seguir é riquíssimo para a compreensão deste assunto:

“Mas Jesus lhes disse: Vós sois os que vos justificais a vós mesmos diante dos homens, mas Deus conhece o vosso coração; pois aquilo que é elevado entre homens é abominação diante de Deus.” Lucas 16:15 

Além de condenar, veementemente, o princípio diabólico da auto-elevação, o Senhor Jesus está apontando a origem deste mal, ou seja: No coração, na alma. Além do que, neste rico trecho bíblico, podemos ainda ver que o Senhor ressalta a preocupação humana com a aparência “diante dos homens”, em detrimento da preocupação que todos devemos ter em relação a como estamos diante de Deus.

Todos nós sabemos, como já dito, que a sede do homem pelo poder é doentia, obsessiva e tem sido a causa da ruína de muitos homens e mulheres e até de impérios e de reinos ao longo da História. Agora, imagine você uma organização que se especializou em explorar este princípio abominável que é inerente ao homem natural! Imagine um grupo de pessoas que se tornou expert em incitar no homem esta sede doentia pela auto-elevação! E aqui já estamos falando da Seicho-No-Ie, como você entenderá a seguir.

De Franz Anton Mesmer a Masaharu Tanigushi, as origens da Seicho-No-Ie

Masaharu Tanigushi e Franz Anton Mesmer, o pai e o avô da Seicho-No-Ie

Oficialmente, Masaharu Tanigushi, um japonês nascido em Kobe, no ano de 1893, é tido como sendo o fundador desta seita oriental. Todavia, o que Tanigushi difundiu, como tendo sido uma revelação de uma "voz celestial" que recebeu enquanto olhava para dentro de si, não possui nada de original, e não passa da reordenação de um método pseudocientífico de cura inventado por um médico austríaco do século XVIII chamado Franz Anton Mesmer, o criador do Mesmerismo. Segundo o Mesmerismo, todos os seres humanos estão envoltos por um campo magnético que, ocasionalmente, pode ficar desequilibrado, e este desequilíbrio seria a causa de doenças e de enfermidades. O que o Mesmerismo do Dr Franz Anton propunha era o restabelecimento deste suposto campo magnético, e o método que utilizava para tal era a Hipnose. Hoje em dia este efeito de "cura" é bem conhecido e se chama Efeito Placebo ou sugestibilidade.

"O problema está na mente, pois o corpo é apenas a casa para a mente habitar... Se sua mente tiver sido iludida por algum inimigo invisível dentro de uma crença, você termina por colocar isto em forma de doença, com ou sem seu conhecimento. Mas pela minha teoria, ou verdade, eu estabeleço contato com o seu inimigo e lhe restauro a saúde e a felicidade" (Phineas Parkhurst Quimby-Quimby's Complete Writings/volume 3, página 208)

Phineas Parkhurst Quimby, o Propagador do Mesmerismo

Em 1838, Phineas Quimby, um aprendiz de relojoeiro, nascido em New Hampshire, começou a estudar os métodos de Mesmer para a "cura" de doenças, Quimby era um homem doente, vítima da Tuberculose, e achava-se desiludido com os tratamentos médicos de sua época. Seu interesse pelo Mesmerismo começou quando Quimby participou de uma conferência e passou a conhecer Lucius Burkmar, um homem que após entrar em transes passava a diagnosticar doenças. Lucius Burkmar prescrevia medicamentos sem efeito terapêutico para seus pacientes e foi assim que, após entender o que era o Efeito Placebo, Phineas Quimby desenvolveu uma teoria conhecida como New Thought (Novo Pensamento), teoria sobre a qual cresceram dois movimentos religiosos e pseudo-científicos, a Ciência Religiosa e a Seicho-No-Ie de Masaharu Tanigushi.

O que é o New Thought (Novo Pensamento)

Trata-se de um conceito filosófico e pseudo-científico que preconiza a evolução incessante da mente humana. Fundamenta-se na crença de que a mente segue uma lei inerente de crescimento, expansão e desenvolvimento. E este suposto desenvolvimento mental seria decorrente de uma lei cósmica que impulsionaria o homem rumo ao desenvolvimento físico, mental e espiritual. É também conhecido por Pensamento Progressivo. Suas principais asseverações são:

- Deus é um princípio e não tem forma

- Jesus teria curado as pessoas simplesmente mudando as mentes dos afligidos por doenças, corrigindo erros de pensamento

- Deus é uma essência eterna que existe em toda a matéria

- Falsas idéias e imagens mentais seriam as causas das doenças

Agora você verá as indisfarçáveis semelhanças entre a Ciência Religiosa e a Seicho-No-Ie de Tanigushi, evidenciando a sua mesma origem, ou seja, dos ensinamentos de Phineas Parkhurst Quimby, o propagandista do Mesmerismo e inventor do New Thought.

O Movimento Ciência Religiosa de Ernst Holmes (1887-1960) e seus Ensinamentos

"Sendo um ser divino, você é o mestre do seu destino"

"Há um poder para o bem no Universo, maior do que você-e você pode usá-lo!"

"Mude o seu pensamento e mude a sua vida!"

 

 

A Seicho-No-Ie de Masaharo Tanigushi (1893-1985) e seus Ensinamentos

"O filho de Deus é você. O seu cérebro é cérebro de Deus, logo você é um ser divino"

"Desenhando na mente a imagem da divindade na qual você acredita, contemple-a em silêncio e realize a concentração mental, mentalizando que essa imagem divina ou búdica está dentro de si, e que você próprio se transformou nessa imagem. Assim, visualize mentalmente que seu próprio corpo é a imagem divina, a imagem búdica, e que o seu interior está preenchido pela luz resplandecente da Sabedoria, do Amor, da Vida e da Força de Deus"

"Saúde, vitalidade, o rumo de sua vida, tudo depende de sua mente"

Resumindo: Estes conceitos religiosos-filosóficos da Ciência Religiosa e da Seicho-No-Ie afirmam que o homem é um deus e que pode invocar poderes que emanam do universo, utilizando-os para a cura de doenças e para a felicidade. As semelhanças com os ensinamentos da Seicho-No-Ie não são mera coincidência! Os ensinamentos de Phineas Parkhurst Quimby e sua teoria do New Thought (Novo Pensamento) tomaram diferentes rumos através das pessoas de Ernst Holmes e de Masaharu Tanigushi:

O New Thought e Ernst Holmes: Fundou A Igreja da Divina Ciência

O New Thought e Masaharu Tanigushi: Fundou a Seicho-No-Ie

Masaharu Tanigushi, o Fundador da Seicho-No-Ie

(1893-1985)

A Organização Seicho-No-Ie (que significa: Verdade da Vida ou Lar do Progresso Infinito) reconhece, abertamente, que ela está estabelecida sobre o princípio do New Thought (Novo Pensamento), um princípio filosófico, religioso e pseudo-científico que já explicamos acima. Tanigushi fundou seu movimento no ano de 1930, ora chamado de religião e ora dito como sendo uma filosofia de vida. Sua propagação se deu através de uma publicação escrita por Tanigushi, a Revista Ciência Mental. Os ensinos fundamentais desta seita japonesa, incluem os ensinamentos do Dr Franz Anton Mesmer (Mesmerismo), de Phineas Parkhurst Quimbye (New Thought) e de Ernst Holmes (Ciência Religiosa). Todavia, para a Seicho-No-Ie, os seus ensinamentos lhes foram dados, através de Tanigushi, quando ele, em estado de introspecção, ouviu uma "voz celestial" que lhe revelou os ensinamentos que divulgava. Ainda segundo biografias de Tanigushi, esta voz também lhe teria dito: "O mundo é um reflexo da mente. A fonte de tudo o que você necessita já está dentro de você. Levante-se agora! Comece sua missão agora!" Porém, a história registra que Fenwicke Holmes, irmão de Ernst Holmes (o criador do Movimento Ciência Religiosa) participou ativamente com Masaharu Tanigushi na criação da Seicho-No-Ie. Ele foi um colaborador de Tanigushi na produção de um livro chamado A Ciência da Fé.

Conclusões:

- A Seicho-No-Ie é uma seita religiosa, mesclada com ensinamentos filosóficos e com técnicas psicológicas de auto-sugestão.

- Procuram afirmar que a mente humana possui poderes de cura, o que cientificamente não tem nenhum fundamento, e isto sem falar que tais poderes emanariam do cosmos. A verdade é que a mente humana não possui esses tais poderes de cura. Seus métodos de cura de enfermidades não passam de embustes bem explorados por mercadores de filosofias e de religiões.

- Esta seita foi trazida ao Brasil por imigrantes japoneses e se estabeleceu em diversas localidades do sul do Brasil.

- Desprezam os ensinamentos das Escrituras, não crêem no Deus da Bíblia e nem em Seu Filho, o Senhor Jesus Cristo.

- Afirmam que todos os homens são filhos de Deus, ao passo que a Bíblia afirma que sobre a terra caminham juntos, até o Dia do Juízo, os filhos de Deus e os filhos do diabo.

- Afirmam que o homem já é um ser remido, negando, desta forma, toda a obra redentora do Filho de Deus.

- Ensinam que todas as religiões conduzem a Deus.

- Acreditam que poderá haver um mundo melhor através da progessiva adesão de novos adeptos à Seicho-No-Ie, o que chegam a chamar de o Céu na Terra. Ao passo que a Bíblia nos ensina que o Céu é o lugar de habitação de Deus, inacessível senão através de Cristo, e que esta Terra e todo este universo serão desfeitos por Deus no último dia.

- Utilizam-se de elaboradas técnicas psicológicas em suas reuniões com a finalidade de incutir na cabeça dos participantes que o homem tudo pode, bastando que pense corretamente. São técnicas fundamentadas na auto-sugestão, o mesmo princípio do Mesmerismo e da Hipnose.

- É um movimento tipicamente anticristo e para nada serve, senão para a perda de tempo, para alienação espiritual e para o desperdício de dinheiro.

"Bendize, ó minha alma, ao SENHOR, e tudo o que há em mim bendiga ao seu santo nome. Bendize, ó minha alma, ao SENHOR, e não te esqueças de nem um só de seus benefícios. Ele é quem perdoa todas as tuas iniqüidades; quem sara todas as tuas enfermidades; quem da cova redime a tua vida e te coroa de graça e misericórdia; quem farta de bens a tua velhice, de sorte que a tua mocidade se renova como a da águia." Salmos 103:1-5

 

INTELLECTUS

Home